Novembro, mês de regressos

As últimas 2 semanas foram de descanso e despreocupação total, sem corridas, sem ginásio, com algumas avarias gastronómicas, o que correspondeu a quase mais 5 kg na balança. Isto para compensar e descansar dos 2730 Km com 95000m de desnível positivo que corri nos últimos 12 meses. Um pouco menos que os 12 meses de 2014, mas também com mais paragens quer para curar algumas mazelas, quer para recuperar dos maiores e mais difíceis desafios que corri em 2015.

Hoje foi dia de regressar aos treinos e começar a preparar o ano de 2016, que certamente trará maiores e melhores desafios.

IMG-20151103-WA0000

Nada melhor para reiniciar os treinos, do que acordar cedinho e ir até Monsanto para a Hora do Esquilo. Para início de conversa foram 10 Km numa hora, com pouco menos de 300m de desnível positivo, e que sinceramente pensei que me iam custar bem mais. Há 8 meses, deste este treino de azarada memória, que não corria na Hora do Esquilo, mas hoje soube bem, soube mesmo muito bem, acordar cedo e desfrutar do bonito amanhecer que hoje foi proporcionado nos trilhos por Monsanto.

Amanhã há mais.

Continuação de bons treinos e de boas provas!!!

A Hora do Esquilo

O meu dia andava a perder horas e já tinha decidido há algum tempo alterar os meus treinos de fim de dia para treinos matutinos. Para treinar de manhã e chegar a horas ao trabalho é preciso acordar bem cedo, mas felizmente existe a Hora do Esquilo, um treino matutino de trilhos, que ocorre todos os dias da semana das 6h00 às 7h00 com início no parque de estacionamento da Estrada do Penedo em Monsanto.

Estreia na Hora do Esquilo com o timoneiro Pedro Conceição

Esta semana foi a minha estreia na Hora do Esquilo e se terça-feira no meu primeiro treino da semana, ainda custou um bocadinho acordar e começar a correr quase de seguida, (na realidade pareceu-me que fiz todo o treino a dormir), quarta já custou menos e quinta-feira começou a saber bem ganhar esta energia extra antes de iniciar mais uma jornada laboral.

Quem quiser participar nos treinos da Hora do Esquilo, pode juntar-se ao grupo do facebook onde geralmente se combinam os treinos clicando aqui e ficar a saber como vai ser o treino do dia seguinte.

Os treinos são sempre diferentes, felizmente Monsanto permite uma variedade de treinos enorme, e às vezes o mais difícil é perceber o nome de código dado a cada treino, sendo necessário um dicionário de idioma “esquilez” para perceber aquilo de que se fala.

Treino de Quinta com o Timoneiro Miguel S. Duarte

Como esse dicionário não existe, aqui ficam os meus 50 cêntimos de contribuição para o Dicionário “Esquilez”:

0T – Turno Zero ou quem inicia o treino antes da Hora do Esquilo das 5h00 às 6h00

1T – Turno Um ou quem inicia o treino antes da Hora do Esquilo das 5h30 às 6h00

2T – Turno dois ou quem faz mais uns quilómetros a seguir à Hora do Esquilo

FF – Fatiado Fininho

Hora do Esquilo – Treino das 6h00 às 7h00

HR – Hibrido Rolador

PCL – Parvo, Chato e Lento

PES – Pedreira, Escadas e Subidas

RKMP ou RKMPB – RectasRápidasRolantes, Kamikaze, Mamede_rampa, Prisionbreak

RSP ou RNS – Rolante Sem Parar ou Rolante Non Stop

RSS – Rolador Sem Stress

TACQENTA – Trail Anda Cá Que Eu Não Te Aleijo

Trepador – Trepador

Trepador Invertido – Trepador Invertido

TNS – Trepador Non Stop

TT – Trilho Tradicional

Continuação de bons treinos e boas provas!!! 🙂